Resenha: Enders ; Autor(a): Lissa Price ; Editora: Novo Conceito .

Vamos falar de ficção científica? vamos!

Para começar falar de Enders eu preciso resumir em poucas palavras o primeiro livro, Starters.

Pequeno resumo do primeiro livro: Starters.

WhatsApp Image 2017-07-26 at 22.52.36

A história se passa em um futuro pós guerra, a idade das pessoas é contada de forma diferente, as crianças, adolescentes e jovens que ainda não atingiram a idade adulta são chamados de starters, e os idosos são chamados de enders, até então não existem pessoas entre isso pois todas morreram na guerra, a personagem principal Callie, vive com seu irmão mais Tyler e seu amigo Michael, em prédios abandonados, pois seus pais morreram na guerra, Tyler sofre de uma doença respiratória e como eles  moram em prédios abandonados e não tem o que comer a doença acaba piorando, então Callie recorre a uma empresa chamada Prime Destinations, que recolhe starters com habilidades para um “banco de corpos” onde os enders podem alugar esses corpos para viverem como se fossem jovens.

É basicamente isso, não posso falar mais para não dar Spoilers!!!

ENDERS

O livro começa a partir do dia da destruição da Prime, Helena, a ender que alugou o corpo de Callie deixou tudo para ela, e ela vive como uma metal, que é como os starters que passaram pela banco de corpos são conhecidos, Callie está na busca pelo “Velho” que é o dono dessa empresa, e quem ela acredita estar falando com ela, já que ela é a única metal que pode ter o chip acessado dessa maneira.

O livro começa um pouco devagar e diferente do starters demorei um pouco para me concentrar para ler ele e me envolver na história, eu passei a me apegar a história e pegar o ritmo mais ou menos na metade do livro, com o aparecimento de novos personagens e com as explicações sobre a tecnologia usada para a transferência de mentes para corpos, todas as pontas soltas em Starters são resolvidas em Enders o livro da várias reviravoltas que eu realmente não esperava e acontecem muitas coisas aos personagens que me fizeram ter um certo apego a eles e ter um pouco de dificuldade de superar o livro quando acabei, tem vários clichês que já conhecemos de outras histórias de ficção científica mais isso só aparece pro finalzinho, mas, isso não quer dizer que o livro ficou ruim, pelo contrário,o livro é muito bom e te deixa com a sensação de estar na história e te faz pensar se essa tecnologia do livro pudesse realmente existir, como seriam os dias.

Super indico o livro, acredito que não terá mais continuação pois o livro acabou de forma bem legal.

Enders foi o meu desafio: Livro da capa azul da #MLI2017

Bjos, Let 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s