MARATONA ENCALHADOS – PARTIU LER

PRIMEIRA MARATONA PARTIULER IMAGEM

Eai Partilences?
Decidimos fazer uma maratona pra dar um up nas leituras, e pensamos em convidar vocês para participarem conosco!
Então vamos la?!
A inscrições para a #MARATONADOSENCALHADOS vão até o dia 14/11 e a maratona começa no dia 15, logo depois do ENEM.
Então vamos lá, como vai ser a MARATONA DOS ENCALHADOS?
Serão 15 dias de maratona, para ler 6 livros!!!
Os 6 livros devem ser 6 livros que estão servindo apenas de decoração na estante de vocês a um tempo, ou aqueles livros que vocês começaram mas não terminaram por algum motivo, ou ambos.
E ai, vamos nessa com a gente???
Pra participar é muito fácil, basta responder o formulário de inscrição . O formulário é para termos uma ideia de quantas pessoas estão conosco nessa.
Conforme for rolando a maratona, vai nos marcando nas fotos dos livros que você escolheu pra esse desafio, #6livrosencalhados.
Vamos fazendo desafios e sprints de leitura ao longo da maratona, fiquem atentos nos stories, que vamos lançar os Sprints e os desafios aqui mesmo! 😉
#MRATONAENCALHADOS
#PARTIULER

Link
https://goo.gl/forms/Ew81HqTtvYDRhwR72

 

TA ESPERANDO O QUE?

beijos e abraços, equipe PARTIU LER.

🙂 visitem nosso instagram 🙂 @partiuler

 

Anúncios

Harry Potter – A oitava história, dezenove anos depois..

15043794_192029331204295_9045677617637752832_n1

Harry Potter e a criança amaldiçoada, foi para mim uma leitura super fácil e bem diferente.

Por se tratar de um livro escrito no estilo de roteiro, e o primeiro que leio nesse formato, posso dizer que foi bem interessante. Adorei os personagens, sei bem que o escritor quis propôr uma continuação para a saga, mas não ficou tão fiel. Apesar de tudo entendi perfeitamente que é diferente, que essa peça tem seus estilo próprio, e acho um pouco estranho muitos fãs terem dito tantas coisas inadequadas sobre o livro. Mas.. cada um tem sua opnião. Gostei demais da história retratar mais sobre o Vira-tempo, já que nos livros da J.K ele some, e ninguém o usa pra reviver ninguém. kkkk

Achei bem interessante a exposição dos filhos do trio, e como no decorrer da história foi desenrolando o relacionamento dos personagens. Adorei o entrosamento dos filhos do Harry e do Draco.

 

Sinopse

Sim, pode se dizer que a história começa de onde ‘Relíquias da Morte’ terminou”, Alvo Severo Potter, filho de Harry Potter, será o protagonista da história.

Sobre Al Potter, apelido de Alvo Severo, a reportagem revela que a história se baseia primariamente na dificuldade do garoto em lidar não apenas com o nome de dois diretores de Hogwarts, mas também com o peso que o legado de sua família traz em sua vida. Além disso, Alvo irá presenciar um momento em que o passado e o presente se misturar de maneira ameaçadora e Harry e seu filho deverão aprender a desconfortável verdade de que as vezes a escuridão vem de lugares inesperados.

Enquanto Harry luta contra um passado que se recusa a ficar onde pertence, seu filho mais novo, Alvo, deve lidar com o peso de um legado familiar que ele nunca quis. Conforme o passado e o presente se fundem perigosamente, ambos pai e filho aprendem a incômoda verdade: algumas vezes, a escuridão vem de lugares inesperados.

 

 

 

 

Sobre o Livro…

Livro: Harry Potter e a criança amaldiçoada

Autor: J.K Rowling, Jack Thorne, e John Tiffany.

Paginas:

Editora: Rocco

 

 

 

 

Affonso Solano e o Espadachim de Carvão.

Sabe de uma coisa, esse livro e esse autor me conquistaram.

Gente pra ser sincera não lia nada nesse estilo que fosse feito por um escritor nacional , porque sempre tinha achado que não era legal. Mas depois de “O espadachim de carvão”, posso dizer que vou dar  a primeira chance sempre que puder para os livros que tem um autor nacional que resolva embalar nessa aventura. Eu sei que parece meio estranho da minha parte já que sou do Brasil, mas sei lá, tive umas experiências que  não foram muito boas, e então me fizeram desistir. Mas, voltando para a melhor parte, o livro é super legal, tem personagens curiosos e únicos, juro você tem que ter um boa imaginação, pois é um mundo muito peculiar, com Deuses próprios, religião, e mundo de ilhas. Explico isso mais a frente…

continuando…

O espadachim é uma trilogia, pelo menos até onde eu sei. Eu li até agora só o primeiro, mas tive que vim aqui contar a vocês. Nas imagens acima estão a capa do primeiro livro (O verde com o espadachim no meio), a capa do segundo livro (o rosa com esse céu ai lindo), e ao lado duas figuras que fans da trilogia tentaram retratar como seriam alguns dos personagens. O terceiro livro está previsto para ser lançado no fim desse ano, então até lá quando surgirem novas informações, eu atualizo no blog. Mas tenho uma curiosidade a desvendar, eu comprei o livro porque o próprio autor me incentivou a comprar. EXATAMENTE. Eu fui a um evento da editora LEYA , e um dos palestrantes era ele, Affonso Solano, o próprio. Fiquei lisonjeada pela presença dele, mas ao mesmo tempo, chateada por não o conhecer. Ele é super divertido, interagiu com toda galera de uma forma muita show, e apesar de a turnê da intriseca ter sido super legal e a primeira da qual participei, a LEYA na estrada foi muito melhor. Saí de lá com um livro, e um novo autor favorito. Prometi a mim que quando chegasse a BLACK FRIDAY, iria comprar o combo do espadachim, e óbvio que comprei.

Sinopse

Kurgala é um mundo abandonado pelos quatros Deuses. E Adapak é filho de um deles.   O  que antes era somente mar, os quatro Deuses transformaram em um local com milhares de ilhas, e criaram das mais diversas espécies possíveis, e Adapak (O espadachim de carvão) foi adotado e criado por uma dessas espécies. Mas o futuro que lhe aguardava era o mais inusitado existente, e ao chegar um certa idade, teve de voltar para o local onde naceu, chegando lá descobriu toda história de como nasceu e o principal, que é um filho diretamente de um dos Deuses. Assim, a familia que o adotara, é obrigada a devolve-lo, pois ele teria que passar por um treinamento perante o que o destino o aguardava. No caminho, após sair da ilha sagrada de seu pai, Adapak se depara com o mundo real, e fica intrigado com o quanto as pessoas são capazes de enganar , julgar e matar. Por tão pouco.

Sobre o autor…

Affonso Solano, 35 anos.

Brasileiro, RJ Rio de Janeiro.

Escritor, ilustrador e editor.

solano_epic

Sobre o livro:

O livro:   O ESPADACHIM DE CARVÃO

Págs: 255

Editora:  LEYA

Quando dá vontade de escrever…

image

Sempre foi meu sonho ter um blog, escrever o que penso, o que gosto, o que não gosto, e o que admiro. Escrever quando desse vontade, quando desse na teia, quando não tivesse o que fazer. Pois é, nunca fiz um porque não sabia(digo isso porque a primeira vez que tentei fazer foi quando eu tinha 12 anos). Depois a vida foi me ocupando com a vida, isso mesmo, com as atividades da vida que com tempo descobrimos o quão necessárias são. Eu não tinha noção de quanto trabalho dava sobreviver para viver. E se bem que, eu nunca quis ter a responsabilidade de sobreviver. Trabalhar.Cozinhar.Lavar roupas.Pensar num futuro distante. Criar uma conta. Votar.Essas coisas nunca haviam sido prioridades.

Como todos os seres humanos, eu aprendi que não temos escolhas na questão de ter que trabalhar. É necessário. Mas  de verdade mesmo eu tenho meus 20 anos e não sei em que quero trabalhar. É confuso, e estranho. Óbvio que já tive a certeza absoluta de várias profissões em várias fazes da minha vida. Aos 6 anos, queria ser bailarina. Aos 9 tive uma súbita vontade de ser advogada depois de ver uma reportagem super legal na TV. Aos 13 criei a ilusão que poderia ser apresentadora, até cheguei a gravar uns videos com uma amiga só para treinar, mas não deu em nada. Aos 16 comecei a pensar em fazer faculdade de Marketing Digital, fiz curso e tudo mais estava me sentindo no paraíso, mas também não foi muito longe, quando eu descobri como essa profissão realmente é. No ano seguinte eu me dediquei demais na profissão de Fotógrafa, mas meio que desanimei no caminho e acabei aceitando que era somente um Hobby.Quando eu completei 18 anos, que saí do ensino médio, só pensava em sair da casa da minha mãe, queria conquistar minha independência.

Hoje aos vinte,quase vinte e um, não seio o que quero. A única certeza que tenho é que amo escrever, amo estar nas redes sociais me atualizando sobre minhas séries,  as vezes me pego pensando se não deveria ser editora. Mas pra falar a verdade acabei descobrindo uma coisa sobre mim. EU NÃO TENHO CORAGEM DE ENFRENTAR QUEM EU SOU. Pois é, eu não boto fé que eu tenha capacidade de fazer qualquer que seja a coisa na qual queira me dedicar. Isso é triste e trágico, mas ultimamente acho que já dei o primeiro passo, que é cair na real.

Bem vindo mundo. Estou pronta para testar minhas possibilidades.

 

 

#vida #life #post #blog #futuro #livro #editora #outrodia #newday

 

O Livro que me fez chorar! :-(

c3-80-primeira-vista Pode parecer clichê, assim que você vê o nome do escritor, mas para mim foi algo inesperado.

Podem pensar, mas é romance do Nicholas Sparks, com certeza vai dar em drama e choro. Porém não foi bem assim que eu estava pensando logo quando botei as caras para ler o meu primeiro livro do Nicholas. Isso mesmo, acho que já faz uns 3 anos, mas esse livro me marcou de verdade, pela sua história.

Minha intenção de forma alguma é fazer resenha, apenas gostaria de descrever um pouco do que vivi, com esse livro. E pra vocês entenderem um pouco de como é a história vou fazer um pequeno resumo, já pra situar as pessoas que ainda não leram.

Bem, o enredo é em volta de um casal (ÓBVIO), o cara chama-se Jeremy Marsh  e seu par Lexie Darnell, era uma relacionamento como qualquer outro, com brigas e amores,até que eles decidem se casar, e  Lexie resolve que vai morar na cidade que foi criada, Boone Creek , e convence Jeremy a ir, porém isso acaba atrapalhando um pouco o seu trabalho, pois, ele é colunista de um Jornal em Nova Iorque, e toda a mudança que acontece repentinamente em sua vida prejudica sua criatividade para criar os textos do Jornal. Para completar tudo, Lexie fica grávida, e para piorar mais ainda, alguém começa a inventar conversas para Jeremy dizendo que sua noiva Lexie, está lhe traindo. Isso só dá pra saber se ler! ok.

DAQUI EM DIANTE TERÁ UM SUPER SPOILER!

Já que super resumi, creio que dá pra entender. Então vamos a parte em que eu choro.Pois é, durante todo o drama, acontecem muitas confusões , mas a parte que foi mais cruel para mim, é   quando Lexie entra em trabalho de parto, gente sério, é desesperador. E o pior de tudo, a cena mais forte é quando ela dá a luz a sua filha, e infelizmente ela morre durante o parto devido a complicações, e seu marido se recusa a segurar a filha dele, por culpar a criança da morte da sua mulher tão amada. Nessa hora deu vontade de entrar no livro encontrar esse cara e dá uma tapa nele. Poxa! Esse cara é um idiota, só pode, fazer uma coisa dessas com uma criança. Eu comecei a chorar, como se isso estivesse acontecendo de verdade, ali, ao meu lado, diante dos meus olhos.Fiquei super revoltada, desejei que ele ficasse louco e fosse preso em um hospício. Gente, nunca me senti assim lendo nenhum outro livro, foi surpreendente até pra mim, e sabe a parte curiosa é que eu não acreditava que era possível sofrer tanto por um personagem de LIVRO.

“A confiança precisa ser conquistada? Ou é simplesmente uma questão de fé?”

– Nicholas Sparks

Sei, e já ouvi falar nisso, de o pai não querer ficar com o filho depois que a mulher morre durante o parto, é chamado de “abandono afetivo”, são casos que os pais ficam com algum tipo de trauma pós parto, creio que seja assim. Se houver apoio de especialistas, e principalmente de familiares pode ser facilmente resolvido, caso contrário, a criança corre um grande risco de parar em um orfanato. Mas são fatos de vida real. Pelo menos no final desse livro, o pai da criança consegue se recuperar e assumir. Menos mal. Mas, mesmo que no fim dê tudo certo, fiquei com aquela sensação que deveria ter contado mais detalhes .Por que o final é bem assim, ele se recupera e pronto. Vai buscar sua filha.

O que eu aprendi nisso tudo é que você pode sim viver todas as emoções inimagináveis quando se está lendo.

Boa Noite pessoas lindas!!!

Bjs, Sara.