Resenha : A SELEÇÃO – Kiera Cass

 

122692762_2SZ

Gente, eu pensei que era só enxame(exagero)  do pessoal quando via aquela euforia por causa de uma história de princesa. Eu estava super enganada, A Seleção é um livro muito envolvente, enlouquecedor, e que te deixa com muita vontade de matar alguns personagens . Quando digo alguns personagens me refiro diretamente a Aspen e Celeste. Um deles  pode não ser o vilão propriamente dito, mas chega bem perto de tanta idiotice. Lembrando que a personagem principal se chama America.

 

Então… muitas pessoas já tinham me indicado esse livro, mas meu interesse era bem longe de ler ele. Até que um dia eu fui no SEBO ( local de venda de livros usados, ou livros novos muito baratos), e troquei um livro que minha irmã não queria mais, pelo da seleção. Resolvi dar uma chance.

 

SINOPSE

O mundo de A seleção, se passa meio que em nossa realidade só que depois de uma guerra, e após essa guerra tudo havia mudado, não só pela destruição mas pela forma de comandar os países. O pais que America nossa protagonista vive   se chama Illiea, e ela é uma número 5. Mas o que é uma número 5? Calma que explico, depois dessa  grande guerra o mundo foi transformado,  então a população e  suas classes sociais foram dividida em castas, das quais começa na 1 , que é a da realeza, até a 8 que são as pessoas que vivem na rua, ladrões, ou qualquer pessoa que possa vim a cometer um crime perante o atual governo. Ou melhor dizendo, Coroa. Então digamos que nossa protagonista esteja no meio termo, né. O que não é nada ruim, só que não é bem assim. Diante desse modelo de classes, para você viver bem mesmo seria necessário ser uma número  2 ou 3.  Até quem é uma  4, pode ser considerada uma classe bem rebaixada. Bem louco né?

Pois bem. Nossa amada America é uma artista, que é um dos empregos no quais ela pode seguir de acordo com sua casta, e ela vive com isso muito bem, assim como toda sua família, menos o irmão menor que ainda não decidiu o que fazer, até porque ele é muito novo. Todos trabalham duro para ter a comida em casa, ainda mais numa casa com 5 pessoas, mas sua mãe sempre desejou algo mais grandioso para ela, sua mãe desejava que America fosse parte da SELEÇÃO. Aqui vai uma pequena explicação:

A SELEÇÃO:  A seleção é um evento que ocorre de tempos em tempos, no qual o príncipe herdeiro da coroa ( que no livro se chama Maxon) escolhe meninas de várias castas, e as coloca em um concurso para selecionar a garota perfeita na qual ele se casaria e ocuparia  o trono ao seu lado pelo resto da vida. Em tese é um (quase) Vai dar Namoro ! kkkkk. E óbvio que durante esse concurso vai havendo umas fases para ir diminuindo a quantidade de garotas. As mesmas, ficam hospedadas no castelo até aos poucos somente restar uma. A escolhida.

 

“Pela minha experiência, posso dizer que  o amor verdadeiro  é sempre o mais inconveniente”

  • A Seleção

 

Voltando… Bem criativo não é? Para algumas garotas é maravilhoso , mas para America é uma vergonha, e um abuso da parte do príncipe, fazer um concurso ridículo. E um dos motivos maiores para ela nunca querer participar é que ela já tem um grande amor. O glorioso Aspen. No caso, glorioso só pra quem gosta dele. Eu pessoalmente tenho nada contra mas também não tenho nadinha a favor. Aspen é O PRIMEIRO NAMORADO, isso mesmo o primeiro amor dela, e o único que ela quer para toda vida. Mas isso só porque ela ainda não conheceu O PRINCIPE,kkkk. VOTO NELE. Quando escolherem seu preferido comentem aqui no blog .  Então todos as meninas com a idade necessária recebem uma ficha para preencher e inscrever-se no concurso, mas America não estava afim de se inscrever, porém sua mãe pode ser muito persuasiva, e do seu jeitinho,  fez sua filha entrar para o concurso. Só que antes mesmos dela pensar que poderia ser selecionada começa a acontecer uma séries de pequenos problemas em sua vida. Principalmente na vida amorosa.

 

 

MINHA OPINIÃO SOBRE O LIVRO:

NOTA (0 á 10):         9,0

Opinião escrita: A capa é incrível, a história viciante, e muito envolvente, espero ansiosamente pelo segundo livro.

 

INFORMAÇÕES SOBRE O LIVRO:

NOME:  A Seleção

AUTORA: Kiera Cass

EDITORA:  Seguinte

PÁG: 368

PARA MELHOR NOTICIA DOS FÃS , E DOS QUE ESTÃO PARA DESCOBRIR ESSE LIVRO ELE É UMA SAGA. E PODE SER ATÉ UM FILME.

Aqui estão as capas dos livros seguintes, e um trailer que eu não sei exatamente se é oficial mas achei bem lindo.

seleção

 

 

 

Beijos partilences,

Ass: Sara.

 

#amor #romance #saga #aseleçao #selecao #book #livro #amorestanoar #aspen #america #maxom

Anúncios

COPIANDO #TAG

#TAG LITERÁRIA

tumblr_mn46pzCOhl1rc4kb8o4_1280

Olá lindos partilences, hoje vim responder a uma tag que achei no BlogLiteramente, que por acaso são nossas parceiras.

Então queria dizer que amo demais esse blog, e que super indico. Primeiro adorei as perguntas da tag, e achei super legal responder as perguntas, quem quiser pode ficar muito a vontade para responder. O mundo dos livros é nosso!!!

 

O escritor que te iniciou no mundo da leitura:

Sara: O nome da libertadora é Helena Gomes, com o livro “Assassinato na Biblioteca” é um livro incrivel de mistério que alunos de um colégio começam a investigar. Depois conto mais sobre ele,em uma outra postagem.

Leticia:  Maurício de Souza .

Um escritor que te ganhou de volta e um que te perdeu para sempre:

Sara:  A escritora Lauren Kate, criadora da série “Fallen” me perdeu para sempre. Porque tive uma decepção muito grande com o terceiro livro dela. Me apaixonei por Fallen, mas no segundo livro já não era essas coisa toda, e o terceiro foi uma tristeza.

Leticia:   Augusto Cury me ganhou de volta, acho q n teve nenhum q me perdeu para sempre

 

Um escritor brasileiro e um estrangeiro:

Sara: Tenho que confessar que Isabela Freitas me conquistou, o jeito dela super leve deixa a gente sentindo como se tivesse tendo uma conversa intima. Estrageiro… acho que JK Rowling é a criadora da saga que conquistou meu coração.

Leticia:  Dan Brown e Fred Elboni.

 

Um escritor “zona de conforto”:

Sara:  G.R.R Martin , porque eu viajo lendo ele. Apesar de ser uma leitura bem complexa. Eu sou super fã do mundo enorme e exuberante que G.R.R.M criou. Eu literalmente vou para outro mundo e fico me sentindo aquelas aventureiras.

Leticia:  Rick  Riordan.

Um escritor que você traria de volta dos mortos:

Sara: Com certeza “MACHADO DI ASSIS”, não só queria reviver ele como também queria ter vivido um pouquinho daquela época, em que o próprio viveu. Sinto que minha alma é velha,kkk. Pura estranheza, mas sou louca por coisas antigas, roupas,carros, móveis, e costumes antigos. O livro que MACHADO escreveu e me conquistou foi Dom Casmurro. Sou louca por essa história. Sei lá coisas complicadas me atraem.

Leticia: Não vem nenhum a minha cabeça.

 

ASS:

Sara and Leticia.

 

 

#book #livros #tag #literatura #escritor #partiuler #ler #leitor #amazon #books

Quando dá vontade de escrever…

image

Sempre foi meu sonho ter um blog, escrever o que penso, o que gosto, o que não gosto, e o que admiro. Escrever quando desse vontade, quando desse na teia, quando não tivesse o que fazer. Pois é, nunca fiz um porque não sabia(digo isso porque a primeira vez que tentei fazer foi quando eu tinha 12 anos). Depois a vida foi me ocupando com a vida, isso mesmo, com as atividades da vida que com tempo descobrimos o quão necessárias são. Eu não tinha noção de quanto trabalho dava sobreviver para viver. E se bem que, eu nunca quis ter a responsabilidade de sobreviver. Trabalhar.Cozinhar.Lavar roupas.Pensar num futuro distante. Criar uma conta. Votar.Essas coisas nunca haviam sido prioridades.

Como todos os seres humanos, eu aprendi que não temos escolhas na questão de ter que trabalhar. É necessário. Mas  de verdade mesmo eu tenho meus 20 anos e não sei em que quero trabalhar. É confuso, e estranho. Óbvio que já tive a certeza absoluta de várias profissões em várias fazes da minha vida. Aos 6 anos, queria ser bailarina. Aos 9 tive uma súbita vontade de ser advogada depois de ver uma reportagem super legal na TV. Aos 13 criei a ilusão que poderia ser apresentadora, até cheguei a gravar uns videos com uma amiga só para treinar, mas não deu em nada. Aos 16 comecei a pensar em fazer faculdade de Marketing Digital, fiz curso e tudo mais estava me sentindo no paraíso, mas também não foi muito longe, quando eu descobri como essa profissão realmente é. No ano seguinte eu me dediquei demais na profissão de Fotógrafa, mas meio que desanimei no caminho e acabei aceitando que era somente um Hobby.Quando eu completei 18 anos, que saí do ensino médio, só pensava em sair da casa da minha mãe, queria conquistar minha independência.

Hoje aos vinte,quase vinte e um, não seio o que quero. A única certeza que tenho é que amo escrever, amo estar nas redes sociais me atualizando sobre minhas séries,  as vezes me pego pensando se não deveria ser editora. Mas pra falar a verdade acabei descobrindo uma coisa sobre mim. EU NÃO TENHO CORAGEM DE ENFRENTAR QUEM EU SOU. Pois é, eu não boto fé que eu tenha capacidade de fazer qualquer que seja a coisa na qual queira me dedicar. Isso é triste e trágico, mas ultimamente acho que já dei o primeiro passo, que é cair na real.

Bem vindo mundo. Estou pronta para testar minhas possibilidades.

 

 

#vida #life #post #blog #futuro #livro #editora #outrodia #newday